Sub-Secretário do Tesouro Americano Eric Meyer impressiona-se com o FIPAG

O FIPAG foi palco, na manhã de hoje, da visita do Sub-Secretário do Tesouro Americano, Eric Meyer, no âmbito da monitoria dos projectos financiados pelo Banco Mundial. Meyer ouviu, questionou e apreciou o trabalho desenvolvido pelo FIPAG e, na hora do adeus, limitou-se a dizer: “Estou bastante impressionado com o vosso trabalho”.
Perto das 10h00 desta Quarta-feira, a sede do FIPAG registou um movimento desusado. Tratava-se de uma visita sui generis, pois, não são todos os dias em que uma figura de proa do Governo Norte-Americano escolhe a dedo uma instituição moçambicana para visitar.


Como é de praxe, o FIPAG não se fez de rogado e vestiu-se a rigor para uma recepção, diga-se simples, mas coroada de mérito, na medida em que a Direcção do FIPAG orientada pelo Director SCAF, Altino Mavile e Fernanda Quintano (SCPI), entre outros quadros séniores, se posicionaram para saudar as boas vindas ao nosso “hóspede” que se fez acompanhar por mais quatro colegas seus (representados em Moçambique e nos EUA).


Como que não largar o tempo, a visita foi guiada à sala de reuniões, onde depois das notas introdutórias, seguiu-se uma apresentação institucional, na voz de Quintano, que emprestou o seu melhor para falar dos desafios e perspectivas do FIPAG, em não menos que 15 minutos.


A ocasião serviu para esclarecimentos nalguns pontos onde suscitavam penumbras, no entanto, sabiamente foram respondidas.
Posto isto, uma visita guiada às instalações foi o momento a seguir, onde Meyer foi dado a conhecer o quotidiano do FIPAG e seus colaboradores, para mais adiante desembocar numa pose para a posterioridade, defronte do edifício.


Meyer gostou do que viu no Centro Distribuidor de Intaka
A visita seguiu rumo ao Centro Distribuidor de Intaka para ver in loco, uma parte do que foi apresentado em power point nos escritórios! Aqui, coube ao Eng. Olito Sacate fazer apresentação do projecto para depois José Barata, da AdeM, explicar o funcionamento do sistema.


Ainda no Intaka, a comitiva desceu ao terreno para um tê-a-tê com os beneficiários do serviço de abastecimento de água arredores do CD. Josefa Mondlane a título de exemplo, recebeu em sua casa os visitantes e referiu a importância da presença do FIPAG naquele lugar: “conforme vêem as condições mudaram depois que recebemos a água do FIPAG, já tenho uma horta e posso ter a disponibilidade dentro da casa”, explicou.


No final, debaixo do escaldante sol que se fazia sentir, Eric Meyer apreciou a visita e referenciou ter tido boas impressões, tendo garantido que nos próximos anos, juntamente com o Banco Mundial, continuará a fazer acompanhamento dos projectos financiados por estes.

 


Por: Dercio Naife

quinta, 14 setembro 2017 09:46