Chimoio, Manica e Gondola

O objectivo do sistema de abastecimento de água de Manica é o de prover às populações das cidades de Manica, Chimoio e Gondola e vilas de Messica e Bandula de água potável. O sistema é caracterizado por captação, tratamento, transporte, armazenamento e distribuição. A fonte de água bruta é a albufeira de Chicamba, localizada a aproximadamente 36 km a sudeste da Vila de Manica.

A água bruta é captada através duma torre de captação implantada na albufeira de Chicamba. A torre de captação dispõe de duas entradas de níveis diferentes de modo a permitir uma melhor qualidade de água a superfície de acordo com os ciclos sazonais do nível de água na albufeira.
A água é bombeada numa extensão de 1.6 km da estação de captação até a ETA de Chicamba.

Na ETA de Chicamba a água bruta passa por filtros lentos de areia (SSF) onde são removidos os sόlidos em suspensão e reduzida a concentração microbiológica. A água filtrada é então desifenctada com a adição de cloro-gasoso e daí transportada para armazenamento no depόsito de água tratada (TWR). Do TWR a água desce por gravidade para a estação de bombagem de água tratada. A água tratada é bombeada da estação de bombagem de água tratada (TWPS) através de linhas adutoras para os centros distribuidores de Chimoio e Manica.
Do centro distribuidor de Chimoio, a água é por sua vez bombeada para a torre de distribuição que por seu turno, por gravidade faz a distribuição à cidade de Chimoio e abastece o reservatório de Gondola.

Para além da torre de distribuição da Textáfrica, a cidade de Chimoio também dispõe de um reservatório semi-enterrado com a capacidade de 800m3 e um centro distribuidor (Amilcar Cabral) do antigo sistema, que garantem o abastecimento de água à cidade. A ETA dispõe de um laboratório equipado para monitoria e controle da qualidade de água captada, produzida e distribuída.

A rede interna da ETA de Chicamba recebe água potável a partir do reservatόrio existente no topo da montanha com uma capacidade de 100m3, localizado a oeste da ETA. Existem duas derivações a partir da adutora de Manica sendo uma para a vila de Messica e outra para a vila de Bandula. Estas derivações sό recebem água quando a adutora de Manica estiver em processo de enchimento. A ETA está concebida para abastecer água tratada ao sistema de distribuição a um caudal de 1600 m3/h. A capacidade do sistema tem por objectivo cobrir a demanda para o ano 2020. Uma breve descrição da capacidade do sistema de abastecimento de água é apresentada nas tabela abaixo.


A energia eléctrica para alimentar o sistema de produção é obtida a partir da Central Hidroeléctrica de Chicamba, através de uma linha dedicada de média tensão. O sistema de abastecimento de água dispõe de um sistema de controlo e monitoria digital, instalado na estação de bombagem da ETA para controlar as operações de bombagem da captação e da estação de bombagem da ETA. A operação da estação de bombagem de água tratada depende do nível de água dentro do reservatόrio de água tratada (TWR).

A operação das bombas da captação está dependente dos níveis de água na albufeira e dentro da torre, assim como da situação da válvula de entrada (aberta/fechada) no reservatόrio de água tratada (TWR) na ETA. A velocidade de rotação das bombas da captação é controlada por dispositivos de variação de frequências (VFD) que permitem ajustar o caudal de entrada para a ETA de acordo com o caudal de saída.

Todas Áreas de Actuação

Contactos de Chimoio, Manica e Gondola

Rua 20 de Setembro
C. Postal 18
Tel. (258) 25 123580
Fax. (258) 25 122093
E-mail: fipag.chimoio@fipag.co.mz
Horário: 08h00 - 17h30